• Por que fazer uma pós-graduação vale a pena? Confira neste post!

    vantagens pos graduação

    Ter um diferencial no currículo e se manter atualizado na sua área de formação são dois motivos cruciais que explicam por que a pós-graduação vale a pena. Além do aumento no salário, as perspectivas de atuação também se tornam mais amplas, fazendo com que profissionais pós-graduados estejam sempre à frente no mercado.

    Se você tem dúvidas se o investimento realmente vale a pena, este post vai ajudá-lo a encontrar as respostas certas. Aqui, listamos as vantagens de fazer o curso, qual o momento ideal para começar e quais as diferenças entre as modalidades existentes. Aproveite a leitura e faça um planejamento para dar mais um passo na sua trajetória profissional!

    Quais são as vantagens de cursar uma pós-graduação?

    Representa um grande diferencial no currículo

    Sem dúvida, essa é a maior vantagem de realizar uma pós-graduação. De alguns anos para cá, o acesso à graduação ficou mais facilitado, fazendo com que o curso superior deixasse de ser um diferencial nos currículos. A pós acabou ganhando esse lugar de destaque e se tornou uma alternativa inteligente para adquirir uma formação extra e manter-se competitivo no mercado.

    Explora outras vertentes da carreira

    A pós-graduação é um tipo de curso ideal para quem quer alargar os horizontes da carreira. Até porque, quanto mais ampla for a sua formação, maiores serão as possibilidades de você atuar em áreas correlatas, expandindo sua experiência profissional. Vale lembrar que a capacidade de transitar em outras vertentes é algo imprescindível hoje em dia, sobretudo considerando-se a competitividade do meio.

    Aumenta a perspectiva salarial

    Quando falamos em média salarial, naturalmente um profissional pós-graduado sairá na frente de quem tem apenas a graduação. Isso acontece porque os cursos de pós-graduação permitem ao indivíduo se especializar em determinada área, tornando-se uma autoridade naquele assunto. Nessa lógica, quanto mais específico for o conhecimento que você tiver, maiores serão as médias salariais que você poderá alcançar.

    Estimula a rede de contatos

    O ambiente da pós-graduação é muito fértil do ponto de vista do networking. Além de ampliar seus conhecimentos, você poderá estreitar laços com os colegas e professores que são referência na área. Portanto, é um ótimo caminho para quem almeja fazer parcerias e criar boas chances de indicação. Sem falar que os congressos, feiras e eventos abertos promovidos pelo curso são mais uma oportunidade para ser notado no mercado.

    Qual é o momento ideal para fazer uma pós-graduação?

    Você já compreendeu que fazer uma pós-graduação vale a pena. Mas agora está em dúvida sobre qual é o momento ideal para se especializar. Trata-se de uma decisão muito particular e subjetiva, pois depende basicamente dos interesses profissionais e das condições de cada pessoa. Em linhas gerais, podemos dizer que o mercado atual é muito promissor para quem deseja começar uma pós.

    Portanto, quem busca expandir conhecimentos na área de atuação e deseja subir de cargo na empresa deve investir em uma pós-graduação agora mesmo. A pós também é muito útil para quem está há muito tempo no mercado e acabou entrando em uma certa zona de conforto. Nesses casos, o curso permitirá enxergar novas perspectivas para sua carreira, quem sabe até transitando em áreas correlatas.

    Se o problema é a falta de tempo, saiba que é plenamente possível driblar a rotina agitada e fazer o curso mesmo tendo uma jornada dupla de trabalho. A pós-graduação a distância é a solução perfeita para isso. A variedade de cursos é enorme, as mensalidades cabem no bolso e você terá ampla flexibilidade para assistir às aulas e montar seu próprio cronograma de estudos.

    Quais são os tipos de pós-graduação existentes?

    Lato sensu

    A modalidade de pós-graduação lato sensu é mais ampla e engloba cursos de menor duração, como especialização e MBA. Eles não necessitam de autorização prévia do MEC para serem oferecidos pelas faculdades, podendo ser realizados de forma presencial, semipresencial ou a distância.

    A grade curricular contempla conhecimentos mais práticos e voltados para atuação no mercado de trabalho. Portanto, esse tipo de pós-graduação é mais interessante para quem deseja se aperfeiçoar e adquirir novas habilidades para aplicá-las no cotidiano profissional.

    Devido a esse perfil mercadológico, os cursos lato sensu são excelentes opções para quem pretende reciclar os conhecimentos e competências, mantendo-se atualizado nos segmentos em que atua. Nesse sentido, ter uma pós no currículo demonstra mais credibilidade e autoridade para lidar com os processos corriqueiros da profissão.

    Stricto sensu

    Ao contrário da modalidade lato sensu, os cursos de pós-graduação stricto sensu precisam da aprovação prévia da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do reconhecimento do Ministério da Educação (MEC) para serem ofertados pelas instituições de ensino superior.

    Em algumas situações, esse tipo de curso exige dedicação exclusiva, como nos casos de alunos que são bolsistas de mestrado ou doutorado em universidades públicas. A grande diferença entre os dois tipos de pós é que, enquanto a lato sensu tem um perfil mercadológico, a stricto sensu é mais voltada para a área acadêmica.

    Essa formação permite que o profissional atue no ensino superior como pesquisador ou docente, em nível de mestre ou doutor. Em seguida, especificamos os dois tipos de curso:

    Mestrado

    O mestrado tem duração média de dois anos. O curso é focado no aprofundamento de questões teóricas de determinado campo do conhecimento, formando professores e pesquisadores para o ensino superior.

    Doutorado

    O doutorado tem duração média de quatro anos e pode ser feito somente por quem já terminou o mestrado. O objetivo do curso é formar docentes e pesquisadores com amplo conhecimento em um tema específico, relacionado a sua área de atuação.

    Como os cursos de mestrado e doutorado costumam exigir dedicação exclusiva do aluno, algumas universidades oferecem bolsas de estudo custeadas por agências de fomento como a Capes e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

    A escolha da pós-graduação lato ou stricto sensu vai depender dos interesses profissionais de cada pessoa e das áreas nas quais deseja atuar, se no mercado ou em âmbito acadêmico. Independentemente do tipo de pós escolhido, uma coisa é certa: a formação fará uma enorme diferença no seu currículo, transformando você em um profissional com muito mais credibilidade e qualificação.

    Portanto, para quem estava se perguntando se fazer uma pós-graduação vale a pena, pode ter certeza que sim. Apenas reforçamos a importância de contar com uma instituição de ensino de tradição e qualidade, o que é essencial para valorizar o seu diploma.

    Ficou inspirado? Então aproveite e veja também como a pós-graduação pode alavancar a sua carreira profissional!