• Como melhorar a pronúncia do inglês? Confira 4 dicas Simples

    pronúncia em inglês

    Entender como melhorar a pronúncia do inglês é uma das necessidades de quem precisa estudar e aprender o idioma. Esse é também um dos pontos de maior dificuldade dos estudantes e um dos fatores que mais contribuem com o desânimo no estudo. Além disso, existem muitas dúvidas que impedem uma clara compreensão acerca do que é necessário focar.

    Para ajudar você a saber o que é importante e como é possível otimizar essa habilidade com dicas práticas e simples, preparamos este artigo. Acompanhe e descubra.

    A dificuldade com a pronúncia em inglês

    Pronunciação é um das partes mais importantes do aprendizado de um idioma estrangeiro. Afinal, é a base de uma comunicação clara e de um speaking efetivo, em que os falantes conseguem realmente expressar o que querem e conversar naturalmente com outras pessoas. Parece muito difícil, não é mesmo? Contudo, essa habilidade pode ser desenvolvida com dicas simples.

    Justamente por ser algo muito natural, é possível aprimorar a pronúncia por meio de atividades intuitivas e práticas, coisas do dia a dia mesmo. Assim, você vai melhorando sua proficiência e se tornando mais íntimo da língua.

    As formas de como melhorar a pronúncia em inglês

    A pronunciação é a arte de falar as palavras corretamente, ou seja, com sons que permitam o entendimento. Muitos fatores interferem nessa forma de comunicação, mas os alunos devem entender que é preciso apenas focar em assimilar a maneira comum como os termos são ditos.

    Veremos, agora, dicas efetivas para otimizar essa habilidade.

    1. Entenda que o sotaque faz parte

    Primeiramente, entenda que pronúncia correta não é sinônimo de fala sem sotaque. Essa é uma confusão comum de muitos falantes: eles pensam que aprender um idioma é falar exatamente com o mesmo sotaque dos nativos.

    Contudo, essa informação está equivocada. A pronunciação adequada compreende alguns aspectos de como as palavras são ditas, mas não elimina a presença de sotaque. Afinal, eles são intrínsecos a todos os falantes e fazem parte da forma física que as pessoas estruturam seu corpo para falar, ligados, portanto, à sua língua materna.

    Ou seja, se um falante brasileiro aprende inglês, é natural que ele mantenha um estilo de se expressar típico da língua materna no Brasil, o português. Isso não necessariamente prejudica a compreensão. Se o estudante aprende a falar corretamente, seu sotaque não atrapalhará a comunicação.

    2. Dê entonação às palavras

    A pronúncia também depende da entonação. Afinal, quando falamos, é como se estivéssemos cantando e expressando sentimentos e sensações a partir de palavras em sequência. Assim, é fundamental atentar-se para o fato de que uma palavra pode soar de formas diferentes, a depender da entonação e emoção que o falante deseja expressar no contexto.

    Imagine uma frase-exemplo. Pense nos termos e escreva-os em um papel. Agora, considere o objetivo da expressão, a emoção que você quer transmitir com aquela frase. Então, recite, pensando em enfatizar as palavras que parecem mais importantes de acordo com o objetivo definido. Com esse exercício, é possível entender esse fator.

    3. Acostume o ouvido

    Assim como a música, a pronúncia depende do quão acostumados os nossos ouvidos estão aos sons das palavras. Por isso, é importante ouvir bastante material em inglês e estudar praticando em voz alta. Tente escutar a formar ideal de falar os termos e imite isso.

    4. Ouça e cante músicas

    Mencionamos música nos subtópicos anteriores, justamente porque ela é uma grande ferramenta para o aprendizado de uma língua estrangeira. Por isso, nossa última dica é aprender os sons de palavras com as suas canções favoritas. Assim, você se diverte e entende como a entonação desempenha um papel importante, além de qual forma de pronúncia é comum.

    Como vimos, a sua pronúncia do inglês pode ser otimizada por meio de dicas simples e práticas e de atividades que podem ser facilmente incorporadas no dia a dia. Dessa forma, o estudante se prepara melhor para desafios e provas que utilizam o idioma.

    Cursos de inglês também são ótimas opções para quem deseja desenvolver essa capacidade, já que oferecem aulas práticas e um estudo aprofundado de fonética.

    Gostou de aprender sobre como melhorar a pronúncia do inglês? Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais e ajude outras pessoas também!