• Pronomes Possessivos em Inglês: Saiba tudo sobre o Tema!

    pronomes possessivos em inglês

    Os pronomes possessivos em inglês são frequentemente usados, mas, mesmo assim, costumam gerar grandes dúvidas entre os alunos devido à sua semelhança com outras estruturas.É normal, por exemplo, certa confusão com adjetivos possessivos ou sua aplicabilidade errada em frases. 

    Pensando nisso, preparamos este post! Se essas são dificuldades familiares para você, não deixe de ler nosso post! Preparamos algumas dicas essenciais. Acompanhe!

    1. Como funcionam os pronomes possessivos?

    Os idiomas no geral, diferem muito uns dos outros e apresentam diferentes usos nas mesmas estruturas. Isso faz com que estudar uma outra língua se torne ainda mais difícil. Felizmente, os pronomes possessivos em inglês não são tão distintos do português.

    Mas, para aprender essa classe, ainda é necessário saber seu uso em ambas as línguas. Os pronomes possessivos no português são basicamente: meu, teu, seu, sua, vosso, vossa, entre outros. Como exemplo de seu uso:

    • esse carro é meu;
    • seu cachorro está cheiroso.

    Ambos os exemplos estão dando sentido de posse de um objeto ou animal.

    Uma diferença referente ao português e ao inglês se dá pela flexão no gênero, visto que no português temos “meu”, “minha”, “meus” e “minhas”. Já no inglês, todas essas flexões podem ser substituídas por “mine”.

    No entanto, fora isso, os usos dos pronomes possessivos, tanto no inglês quanto no português, são semelhantes, sendo possível passar a frase “esse carro é meu” facilmente para o inglês como “this car is mine”, sendo “mine” um pronome possessivo.

    Caso ainda não tenha ficado tão claro, daremos mais exemplos e citaremos os pronomes um a um após explicar sobre os adjetivos possessivos.

    2. Adjetivos em inglês e em português: quais os conflitos?

    No português, o adjetivo tem como finalidade caracterizar o substantivo. Já no inglês, existe a subclasse “adjetivos possessivos, que serve para atribuir posse. Devido a essa diferença de aplicação, o aluno pode ficar cheio de dúvidas ao se deparar com essa matéria.

    Para acabar com essa confusão causada pelo conflito entre as línguas, mostraremos a seguir como realmente funcionam os “possessive adjectives” e quais as diferenças entre eles e os pronomes possessivos em inglês.

    3. Pronomes possessivos e adjetivo em inglês: quais são seus papéis na língua?

    Para diferenciar ambas as classes, antes de tudo, temos que conhecê-las. Portanto, falaremos primeiro sobre os adjetivos.

    Eles são utilizados para indicar posse, ou seja, mostrar que alguém detém alguma coisa. Para isso, os adjetivos possessivos utilizados são:

    • my: meu, minha, meus, minhas;
    • our: nosso, nossa, nossos, nossas;
    • their: delas, deles;
    • her: dela;
    • its: sua, seu, suas, seus, dela, dele, delas, deles;
    • your: seu, sua, seus, suas, teu, tua, teus, tua;
    • his: dele.

    Para exemplificar o uso, confira algumas frases:

    • this pen is my pen: essa caneta é a minha caneta;
    • her dog is big: o cachorro dela é grande.

    Como podemos perceber, nas sentenças acima, os adjetivos realmente dão a ideia de posse. No entanto, como você também deve ter notado, frases como a do primeiro exemplo têm uma certa repetição no objeto, tornando a sentença estranha. Para que isso não aconteça, utilizamos um dos pronomes possessivos.

    Esses pronomes também dão a ideia de que o indivíduo é dono de algo, porém, o objetivo de seu uso é evitar repetições, tornando a frase menos cansativa e melhor para a leitura e o entendimento.

    Os principais pronomes possessivos são:

    • mine: meu, minha, meus, minhas;
    • his: dele;
    • hers: dela;
    • its: dele, dela;
    • yours: seu, sua, seus, suas, teu, tua, teus, tuas;
    • ours: nosso, nossa, nossos, nossas;
    • theirs: deles, delas.

    Nesse caso, alguns exemplos de uso são:

    • this pen is mine: essa caneta é minha;
    • that phone is yours: aquele telefone é seu.

    Nessas frases, os objetos foram suprimidos pelos pronomes, não necessitando de uma repetição.

    Como exemplo comparativo temos o “this pen is mine” e o “this pen is my pen”. Note que na segunda frase o objeto “pen” é citado duas vezes, enquanto que na primeira, no lugar do “my pen”, bastou colocar o “mine”, visto que “pen” já havia sido citado e já seria possível entender a qual item o pronome “mine” se refere.

    Dessa forma, o pronome possessivo poupa tanto o leitor quanto o ouvinte de repetições dentro da frase, o que pode torná-la mais confusa. Portanto, a importância de seu uso se deve à manutenção da fluidez de um texto, seja ele pequeno ou longo.

    4. Como não errar mais esses e outros pontos?

    Nós sabemos que a diferença entre pronome e adjetivo possessivo não é a única dúvida que o aluno tem ao longo de todo seu aprendizado de inglês. Por conta disso, vamos mostrar uma ótima forma de ter um domínio sobre esse idioma tão complexo e tão necessário nos dias atuais.

    Uma boa maneira de sanar todas as suas dúvidas e melhorar ainda mais sua fluência na língua inglesa é realizar um curso de inglês instrumental. Esse curso tem foco na leitura, fazendo com que o vocabulário do aluno seja ampliado e que suas dúvidas em relação ao uso das diversas estruturas do inglês sejam esclarecidas. Assim, o aluno não terá problemas para estabelecer um diálogo, ler uma prova, ouvir uma série ou fazer qualquer atividade do seu cotidiano que possa exigir um conhecimento maior da língua inglesa.

    Esse modo de aprender inglês, inclusive, ajuda bastante na preparação para avaliações, como o exame de proficiência ou qualquer outro que envolva a língua inglesa. Isso porque, depois de treinar bastante sua leitura, será mais fácil ler rapidamente um texto, entendê-lo por completo e passar pelas questões da prova com maior êxito.

    Esperamos que, com esses exemplos de usos e explicações, você tenha entendido mais sobre o pronome possessivo em inglês e saiba diferenciá-lo dos adjetivos. Para aprofundar ainda mais seus conhecimentos, não deixe de sempre estar em contato com livros, textos, filmes e séries da língua inglesa, Lembre-se de que esse é um idioma muito importante tanto para a vida como para o mercado de trabalho.

    Se você deseja conhecer um ótimo curso de inglês instrumental que poderá ajudar nos seus estudos, não perca mais tempo e confira os nossos serviços!