• Como Fazer Introdução da Dissertação de Mestrado? Confira!

    Como fazer introdução da dissertação de mestrado

    Como fazer introdução da dissertação de mestrado? A primeira impressão que um leitor terá do seu texto — e isso não é segredo para ninguém! Trata-se do seu convite à leitura do trabalho e, por isso, você deve conquistar o leitor por meio dela, deixando-o ciente do que vai encontrar nas próximas páginas.

    Além do mais, é a hora de criar expectativas que vão fazer da leitura algo bem mais atrativo. Para escrever essa seção da dissertação, você pode reservar um tempo antes ou depois do trabalho todo pronto, dependendo de como se sente mais confortável na hora da escrita.

    Algumas pessoas preferem escrever tudo antes e fazer uma revisão ao final, acrescentando e retirando pontos necessários. Já outras deixam a introdução para o final, pois assim podem redigi-la com base em algo mais concreto.

    Uma coisa é certa: a sua dissertação precisa de uma introdução e você deve conquistar seu leitor a partir dela. Pensando nisso, separamos as melhores dicas para desenvolver uma introdução impecável. Confira!

    Considere alguns pontos fundamentais de como fazer introdução da dissertação de mestrado

    Uma ótima introdução é aquela que se preocupa com o que está além da estrutura. Por isso, antes de pensarmos nas partes da escrita, vamos refletir um pouco sobre o que deve aparecer nas entrelinhas dessa escrita — sem deixar nada subjetivo, mas provocando no leitor uma vontade de ler a sua dissertação.

    Situe o contexto de sua pesquisa

    A introdução deve trazer o tema do seu trabalho e, por isso, você precisa situar a pesquisa para o leitor. Escreva qual o problema encontrado, suas especificidades e como ele se tornou o objeto de sua pesquisa.

    Você vai precisar de bons e fortes argumentos para convencê-lo de que seu trabalho é importante para a sua área. Portanto, tenha muito bem definido e contextualize o seu tema para não confundir o leitor. Lembre-se de que o contexto é a base para legitimar a pesquisa.

    Exponha suas motivações profissionais e pessoais

    Nenhuma pesquisa surge do nada. Mesmo que seja algo pouco abordado ou ainda não reconhecido em sua área, você precisa mostrar que está motivado a ser o primeiro a tratar do assunto ou a fazer releituras que melhorem temáticas já trabalhadas.

    É na dissertação de mestrado que o estudante trará algo novo, que poderá até mesmo se encaminhar para uma tese de doutorado. Então, esteja motivado e demonstre toda a sua empolgação na introdução.

    Cative o seu leitor

    O leitor é nossa maior preocupação na hora de escrever um texto. É preciso considerar que não será só a banca que terá o prazer de ler o seu trabalho, pois ele também servirá de base para outras pesquisas e, até mesmo, para você continuar evoluindo na área.

    Portanto, considere todos os seus possíveis leitores. Uma escrita clara, sem muitos rodeios e que realmente apresente o que a sua dissertação propõe é uma boa maneira de conquistar o leitor e tornar a sua introdução uma ótima apresentação do trabalho.

    Esclareça as ideias apresentadas na introdução

    Todas as ideias apresentadas na introdução precisam ser esclarecidas quanto à forma como serão tratadas no decorrer das páginas. Ainda na seção introdutória, suas colocações já precisam responder aos objetivos propostos para a pesquisa.

    A clareza na escrita deixa a leitura mais leve. E, com certeza, quando você mostra na introdução que suas ideias são boas e objetivas, o leitor terá mais prazer em seguir para o primeiro capítulo.

    Revise o seu texto

    Como já dissemos, algumas pessoas gostam de escrever a introdução antes do restante do texto. Isso é possível, porém não se deve desconsiderar a necessidade de uma revisão mais sistemática nesses casos, pois o percurso durante a pesquisa — que dura, em média, de um a dois anos — pode mudar (e muito!).

    Mesmo quando escrevemos depois do trabalho já pronto, a revisão é essencial para garantir a coesão e a coerência da introdução em relação a todo o texto. Uma introdução mal escrita pode custar a falta de interesse do leitor, que poderá até mesmo ignorar a sua pesquisa e partir para outra.

    Organize a introdução da sua dissertação de mestrado

    Agora que estamos preparados para trazer, na introdução, aspectos relevantes para conquistar o leitor, vamos falar um pouco mais sobre os principais pontos estruturais que essa seção deve conter:

    Levante uma problemática geral

    Toda introdução deve apresentar as partes de um projeto de pesquisa — geralmente, escrito antes do início das pesquisas, como proposta de trabalho. Nessa parte, você deverá apresentar a temática, a área de concentração e o problema levantado para ser pesquisado.

    Tenha objetivos claros

    A partir do problema, você precisa identificar seus objetivos para resolvê-lo e trazer bons argumentos que justifiquem a importância de sua pesquisa. Explicite o objetivo geral da sua dissertação e, também, os objetivos específicos, que são como uma ramificação da questão maior.

    Justifique sua pesquisa

    Para justificar seu trabalho, você poderá trazer autores que já tratem do assunto de forma renomada ou questões que mostrem a necessidade de sua pesquisa para a evolução da área de estudo e até mesmo da humanidade, quando couber.

    Apresente a estrutura do seu trabalho

    Por fim, apresente as metodologias usadas durante sua pesquisa, além das principais referências. Mostre como elas se concretizaram em sua dissertação de mestrado.

    Você pode ir descrevendo um pouco de cada capítulo, situando o leitor sobre cada parte de seu trabalho. Mas não fique falando coisas desnecessárias: para deixá-lo com vontade de ler o seu texto, só coloque alguns pontos relevantes, sem revelar muito sobre eles.

    Algo que faz com que a introdução de uma dissertação de mestrado seja considerada ótima é a clareza demonstrada na linguagem que você utiliza. Além disso, para que essa parte do seu trabalho de conclusão do mestrado fique perfeita, é preciso investir na objetividade e na impessoalidade.

    E então? Nossas sugestões para escrever uma ótima introdução da dissertação de mestrado foram úteis para você e sua pesquisa? Que tal dar uma olhada, agora, nessas em mais dicas para sua pós-graduação

  • Comentários
    Adriana Carvalho

    Muito bom