As 7 Conjunções em Inglês Mais Importantes para Tradução de Textos
  • Conjunções em Inglês: conheça as 7 principais e saiba sua importância para tradução de textos

    conjunções em inglês

    As conjunções em inglês (e também em português) são termos invariáveis, ou seja, que não variam em gênero, número e grau. Sua função principal é unir ideias, frases e orações. Em nosso idioma, usamos conjunções frequentemente — o “mas” e o “ou” são dois exemplos clássicos.

    Vale citar que as conjunções não têm uma função única, elas trabalham de forma variada, conforme o contexto. Podem apresentar uma ideia de oposição, acréscimo, explicação, entre outras.

    Em relação à tradução de textos, as conjunções ajudam a tornar a estruturação das frases mais organizada, melhor elaborada e com uma linguagem mais condizente com os propósitos do trabalho.

    Assim como no português, há diversas opções de utilização na língua inglesa. Por isso, listamos as 7 principais conjunções em inglês. Confira!

    Principais conjunções em inglês

    1. And

    O and (“e” em português) é uma conjunção com a função de unir e acrescentar ideias a uma sentença ou frase. Sua aplicação é simples e funciona de forma similar à que usamos em nosso idioma.

    Veja um exemplo:

    He bought a shoe and a shirt. (Ele comprou um sapato e uma camisa).

    Nessa sentença, a ideia de acréscimo está clara, pois o intuito é dizer que além de ter comprado um sapato, o sujeito comprou também uma camisa.

    2. Or

    Uma das conjunções em inglês mais utilizadas é o or (“ou” em português). Seu uso visa apresentar uma ideia de alternância ou escolha entre dois ou mais itens.

    Confira este exemplo:

    I don’t know if I buy a computer or a tablet. (Eu não sei se compro um computador ou um tablet).

    Aqui a ideia é mostrar ao leitor que o sujeito tem duas opções de compra, fator que gerou a dúvida sobre o que fazer. É importante citar que há casos em que o or pode apresentar uma ideia de consequência, como na seguinte frase.

    You need to study or you will be disapproved. (Você precisa estudar ou será reprovado).

    Nesse contexto específico, ao mesmo tempo em que ser reprovado é uma opção (caso o sujeito não queira estudar) também é uma consequência (caso ele não estude).

    3. But

    No estudo da língua inglesa, o but (“mas” em português) apresenta uma ideia de contraste. Em alguns casos também funciona trazendo uma ideia de “apesar de”.

    Confira os exemplos a seguir:

    I bought a new car, but it spoiled on the first day. (Eu comprei um carro novo, mas ele estragou no primeiro dia).

    A ideia de oposição é fácil de ser notada, afinal se subentende que não é normal um carro novo estragar no primeiro dia.

    I like all fruits but apple. (Eu gosto de todas as frutas, menos maçã).

    Aqui a ideia é mostrar ao mesmo tempo uma ideia geral (todas as frutas), mas deixar claro que, apesar de a maçã ser uma fruta, o sujeito não gosta dela.

    4. So

    O so (“então” em uma tradução literal) é usado para sugerir uma consequência, um efeito gerado ou um resultado, como no exemplo a seguir:

    She broke her arm so we went to the hospital. (Ela quebrou o braço e então fomos para o hospital).
    Logo, a consequência de ter quebrado o braço foi ir para o hospital, assim como a quebra do braço teve como resultado a ida até o hospital.

    5. Because

    Essa é uma das conjunções em inglês mais simples de explicar e utilizar. O because (“porque”, “pois” em portuguêsapresenta determinado motivo ou explicação dentro de uma frase.

    Ex: I was hired because I have the best resume. (Eu fui admitido porque tenho o melhor currículo).

    A explicação para a admissão está óbvia, ele tem o melhor currículo, motivo que o fez se destacar entre os demais candidatos.

    6. For e To

    O for e o to (traduzidos, entre outros termos, como “para”) funcionam como um complemento apresentando a razão ou a causa do ocorrido. Apesar de serem termos similares, o que causa muita confusão, a utilização deles depende de contextos específicos.

    Enquanto o to é utilizado para indicar movimento, distância/destino, entregar algo, ligar períodos, indicar propósito (seguido de verbo) e comparação, o for é usado para indicar função, benefícios, duração de tempo, datas futuras e indicar propósito (seguido de substantivo). Veja as frases a seguir:

    You are going to Brazil. (Você está indo para o Brasil).

    Vegetables are very good for you. (Vegetais são muito bons para você).

    Como vimos, na primeira frase há um indicativo de destino e na segunda de benefício. Isso mostra que o uso de to e for passa necessariamente pela análise do contexto da frase para que seja feita a escolha certa.

    7. If

    O If (“se” ou “caso” em português) expressa uma condição e muitas vezes uma consequência, como na sentença:

    If she does not take care of her health, she will be sick. (Se ela não cuidar da saúde, ficará doente).

    A condição para não ficar doente é cuidar da saúde e não fazer isso provocará que ela fique doente.

    Erros no uso das conjunções em inglês

    Além de conhecer as principais conjunções em inglês, é importante ter conhecimento sobre os erros mais comuns que ocorrem na utilização desses termos. Veja quais são eles a seguir!

    Erros de pontuação

    A pontuação em inglês, especialmente o uso de vírgulas, e as conjunções muitas vezes andam juntas. Para explicar isso, basta tomar como base o conceito de conjunção que visa unir frases e orações, fator que torna natural haver pontuação em diversas ocasiões para separar ideias. Sendo assim, fica para a conjunção o papel de unificar ambas em um mesmo contexto.

    Porém, essa não é uma regra geral. Os próprios exemplos citados em cada um dos tópicos sobre as conjunções mostram sentenças com vírgulas e outras sem. E como saber quando usá-las ou não?

    A resposta é: se baseando no contexto. Situações que, na maioria das vezes, exigem o uso de vírgulas são o contraste (but) e a condição (If). Casos comuns onde não ocorrem normalmente a utilização de vírgulas são adição (and) e alternância (or)

    Erros de contexto

    Conforme mencionado, o contexto é fundamental para usar a conjunção correta. Não compreendê-lo pode levar a erros que comprometerão seriamente o entendimento por parte do receptor da mensagem.

    Usar o or em vez do and é um erro de contexto comum.

    Exemplo:

    I’m going to eat cheese or ham. (Eu vou comer queijo ou presunto).

    I’m going to eat cheese and ham. (Eu vou comer queijo e presunto).

    Como vimos, as frases são bem semelhantes, se diferenciando apenas pelo uso da conjunção, a qual deve respeitar o devido contexto.

    Essas descobertas são naturais dentro do idioma e são elas que guiam o nosso aprendizado. Mas, essa jornada fica bem mais fácil quando se tem o auxílio de uma empresa especializada no ensino da língua inglesa. Afinal, todos os atalhos já foram descobertos pelos professores, inserindo-os em uma metodologia que facilita o aprendizado, não só das conjunções, mas de toda a gramática em inglês.

    Tabela de Funções das Conjunções

    Funções Palavras conectadas Exemplos
    Adição And, moreover, also, furthermore,

    Again, in addition, besides

    She is very poor. In addition, she doesn´t like to work.
    Contraste But, on the other hand, however, yet, unlike

    Nevertheless, instead, on the contrary

    At first John didn’t want to go to the meeting. Later, however, he decided to go.
    Comparação Likewise, similarly, in the same way,

    In like manner, correspondingly

    “Some have little power to do good, and have likewise little strength to resist evil”. (Samuel Johnson)
    Ênfase In fact, indeed, actually, certainly,

    As a matter of fact

    I think everybody likes him. In fact. I am quite sure.
    Concessão Even though, although, though, despite this Though they are so poor, they are always neatly dressed.
    Exemplo For example, for instance, that is, in other words, in particular Many great men have risen from poverty –  Lincoln and Edison, for example.
    Consequencia Thus, therefore, then, as a result, hence, so

    Consequently, accordingly, for this reason

    Because of this

    It was raining: therefore we decided to stay at home.
    Conclusão  

    In summary, in conclusion, finally

    In short, to sum up

    The technique discussed is valuable, each chapter is supported by a well-selected bibliography. In short, this is an interesting and clearly written textbook for geography teachers.
    Sequencia First, second, next First, I must finish this work. Second I must go to school and meet my husband there.

    Gostou deste conteúdo? Fique por dentro das nossas melhores dicas de inglês em nosso perfil no Instagram: @cursomartagarcia