• Como fazer uma apresentação em inglês: confira estas 7 dicas!

    O conhecimento de inglês é um elemento sempre cobrado nas pós-graduações. Afinal, ele é um dos idiomas mais conhecidos e falados no mundo, estando presente na maioria das pesquisas e apresentações que são feitas no mestrado e doutorado. Por isso, em algum momento da sua vida profissional, você precisará ter domínio da língua para fazer uma apresentação com excelência.

    Se você ainda não sabe como desenvolver um bom discurso em inglês, continue lendo nosso artigo! Separamos as melhores dicas para você montar uma palestra impecável. Vamos lá?

    1. Prepare o roteiro em inglês

    A primeira dica — e talvez a mais importante — é definir um roteiro em inglês de apresentação. A utilização de um direcionamento o auxiliará tanto na preparação do discurso como na fala em si, já que você terá uma orientação clara do que deverá falar em cada parte da sua palestra.

    Ainda, quando produzido em inglês, você estimula suas habilidades de leitura, redação e revisão em inglês, fazendo com que o seu conhecimento seja aprofundado. Assim, você se torne mais confiante para o grande dia.

    A dica aqui é construir a introdução, o desenvolvimento e a conclusão nesse idioma, colocando palavras-chave para criar um gatilho na hora da apresentação. Por exemplo, quando você montar a sua introdução, é interessante colocar algumas frases que auxiliarão na sua apresentação pessoal, como “I’d like to thank you all for being here” ou “it’s an honor to be here”.

    Ao começar o seu discurso, você provavelmente lembrará dessas frases que foram anotadas e treinadas ao longo do seu processo de estudo, fazendo com que sua fala fique mais natural, além de deixá-lo mais confortável para lidar com a ansiedade e nervosismo que vem à tona.

    Aproveite, também, para sinalizar os momentos de pausa que você fará durante a apresentação e use-os para controlar a sua ansiedade. tomando uma água e respirando pausadamente caso sinta essa necessidade, ok?

    Tenha em mente que o público não fica incomodado quando há períodos breves de silêncio para você organizar seus pensamentos e proporcionar uma apresentação de qualidade para eles.

    2. Faça pesquisas

    Para que a sua apresentação seja excelente, é importante que ela tenha um conteúdo de qualidade e que agregue algo para o público. Nesse sentido, realizar diversas pesquisas sobre o tema é uma parte fundamental da sua preparação.

    Pesquise não só sobre o tema proposto, mas como ele é visto e falado por meio do inglês, isto é, como que os outros profissionais da área falam e analisam o assunto em inglês.

    Isso ampliará o seu vocabulário e o deixará mais confiante para a sua apresentação, além de permitir mais domínio do assunto e, por consequência, mais habilidade para responder aos questionamentos que podem aparecer ao longo da palestra.

    3. Domine o vocabulário relacionado ao assunto

    No tópico anterior explicamos sobre a necessidade de conhecer como que os pesquisadores de outras nacionalidades compreendem o assunto do seu discurso, certo? Ao fazer essa análise, você amplia o seu vocabulário específico e consegue criar uma palestra coerente e de qualidade.

    Isso não quer dizer que você precisa utilizar todas as palavras difíceis relacionadas ao tema e evitar aquelas fáceis e mais conhecidas. Muito pelo contrário, ter o domínio do vocabulário nada mais é do que conhecer as palavras-chave do assunto e saber adaptá-las para o conhecimento da sua audiência.

    Nesse sentido, se o público tem muito conhecimento sobre o tema, utilizar os termos e conceitos mais difíceis não é um problema, já que eles saberão do que você está falando. Agora, se for uma palestra mais simples, opte por palavras mais fáceis, para que todos entendam o que você está querendo comunicar.

    E mais, se você não se sente seguro utilizando os termos mais complexos, ainda que para um público experiente no assunto, reconheça os seus limites e utilize uma linguagem na qual você se sinta confortável e passe segurança para quem está o assistindo. Isso gera mais impacto do que usar palavras que, muitas vezes, ficam desconexas do contexto.

    4. Treine a pronúncia

    Você já deve ter percebido que a segurança é um dos fatores principais para fazer uma apresentação em inglês de qualidade, não é mesmo? Para que isso seja possível, além de montar o seu roteiro e dominar o vocabulário, você precisa treinar a sua pronúncia, deixando o discurso fluído e agradável de ouvir.

    Uma excelente forma de praticar é fazer pequenas apresentações utilizando o seu roteiro como base, tanto sozinho, na frente do espelho, quanto para amigos e familiares de confiança. Assim, você pode analisar suas feições, identificar possíveis dúvidas e colher feedbacks construtivos para melhorar sua oratória.

    Ainda, é possível tirar dúvidas com pessoas fluentes em inglês ou até mesmo realizar pesquisas na internet conferindo a pronuncia certa de determinadas palavras para não cometer nenhum erro no grande dia.

    5. Cuide da linguagem corporal

    Outro fator importante para você prestar atenção é a sua linguagem corporal. Muitas vezes, ficamos ansiosos durante as apresentações e ela se torna visível nas ações que realizamos enquanto falamos, como passar a mão continuamente no cabelo, gesticular de forma enérgica ou simplesmente ficar parado no palco.

    Controlar o nervosismo não é tarefa fácil, mas você pode utilizar o seu roteiro para orientar a sua linha de pensamento, assim como o treino para desenvolver mais confiança antes da palestra. Essas duas atitudes evitam uma linguagem corporal artificial e garantem uma experiência mais agradável, tanto ao público quanto a você.

    6. Prepare-se para as perguntas

    Não é nenhum mistério que, ao finalizar um discurso, algumas dúvidas apareçam. Afinal, muitas vezes um trecho fica confuso, a pessoa não prestou atenção ou simplesmente surgiu um questionamento reflexivo sobre o assunto. Por isso, estar preparado para responder essas perguntas é muito importante para manter a qualidade da apresentação.

    Se você ainda não se sente seguro para improvisar e responder as perguntas de forma espontânea, uma excelente forma de se preparar é fazer um levantamento das possíveis duvidas que podem aparecer, elencando respostas e colocando-as no seu roteiro.

    Além disso, se você praticar a sua oratória para outras pessoas, pode pedir a elas que façam perguntas ao final do seu discurso para você conhecer quais são os questionamentos mais comuns e treinar a sua improvisação em inglês, ampliando o seu desenvolvimento profissional.

    7. Faça uma ferramenta de auxilio

    Por fim, outra maneira de fortalecer a sua confiança e fazer um excelente discurso em inglês é desenvolver uma ferramenta de auxilio, como uma apresentação digital ou vídeo. Além de criar uma leve descontração na plateia, você tem uma ajuda local para orientar a sua fala caso esqueça de algum ponto importante.

    Lembre-se, no entanto, de que os slides devem servir somente como um complemento, já que o foco principal é você. Assim, procure evitar parágrafos muito longos e opte por palavras-chave e figuras que o ajudarão durante a fala, ok?

    Fazer uma apresentação de inglês com qualidade não precisa ser um desafio. Criando um roteiro diretivo, treinando bastante e produzindo ferramentas de auxílio, você montará um discurso prático e eficiente, além de fortalecer sua segurança e autoconfiança para discursar com excelência no grande dia.

    E então, o que achou do nosso artigo? Conhece outras práticas que auxiliam a realização de uma apresentação em outro idioma? Compartilhe conosco nos comentários e ajude outros leitores também!