entrevista seleção mestrado

Entrevista de seleção de mestrado: guia rápido para você se preparar

A entrevista é um passo bastante comum em processos seletivos. Para ingressar em uma instituição ou até mesmo conseguir uma boa parceria, ela se torna um dos principais instrumentos de avaliação de pessoas, uma vez que é possível conferir as diferentes habilidades do candidato e como ele pode contribuir para o crescimento do negócio ou organização.

É por isso que muitas universidades utilizam essa ferramenta para aprimorar seus núcleos de pós-graduação, investindo na entrevista de seleção de mestrado. Assim, conseguem filtrar excelentes candidatos e aprovar projetos que vão agregar diversas pesquisas científicas.

Pensando em ajudar você a realizar uma excelente entrevista de mestrado e garantir a sua vaga no ensino continuado, preparamos este conteúdo com as melhores dicas para conquistar a atenção dos avaliadores e a sua vaga na pós-graduação. Acompanhe!

Conheça o programa de pós-graduação da universidade

O primeiro passo é, com certeza, o mais importante: conhecer o programa de pós-graduação do núcleo no qual você deseja desenvolver sua pesquisa. Afinal, é conhecendo os objetivos da instituição que você consegue refletir sobre as possíveis perguntas que serão feitas e articular respostas encantadoras.

Aqui, invista na pesquisa e conheça profundamente o programa do curso, os possíveis orientadores, as características mais buscadas nos candidatos e os diferentes trabalhos que foram produzidos e publicados pelo núcleo. Essas são informações valiosas que permitem uma conversa mais sincera e segura com os avaliadores.

Além disso, é a partir do programa de pós-graduação que você conhecerá qual é o tipo de entrevista que os professores e pesquisadores da unidade realizam. De maneira geral, existem três tipos de entrevista de seleção de mestrado:

  • formal e presencial: parecida com uma entrevista de emprego, em que a banca avalia quais são seus objetivos e sua proposta de pesquisa;
  • a distância: realizada por aplicativos de comunicação ou ligação telefônica, normalmente acontecem para seleções de pós-graduação no estrangeiro;
  • apresentação: alguns MBAs solicitam a realização de uma apresentação no lugar da entrevista, em que você deve apresentar os tópicos que gostaria de abordar na sua pesquisa e avaliar habilidades de liderança e comunicação.

Entenda a fundo a proposta do seu projeto

Durante o processo seletivo para mestrado, o candidato deve montar uma proposta de projeto de pesquisa que será analisada pela banca. Via de regra, essa proposta é questionada nas entrevistas, e esse pode ser um momento decisivo para que os professores conheçam suas habilidades de comunicação, segurança, proatividade e liderança.

Entender qual é a sua proposta e todos os objetivos da sua pesquisa faz com que você sinta muito mais segurança para apresentar um trabalho coerente com as perspectivas da instituição, a fim de contribuir para o desenvolvimento do núcleo de pós-graduação.

Lembre-se de que os professores sempre buscam alunos comprometidos com seus estudos e investigações. Portanto, tenha claro quais são os seus propósitos com a pesquisa, qual é o nível de dedicação que você pode oferecer para o mestrado e identifique os motivos pelos quais seu projeto é relevante para a universidade e sociedade.

Se você puder escolher o seu orientador antes mesmo do desenvolvimento do projeto, separe um tempo para conversar com o professor e debater sobre as possíveis perguntas que a banca pode fazer durante a entrevista. Assim, você consegue estudar o seu projeto com maior propriedade e ficar cada vez mais preparado para a seleção.

Tenha boas referências sobre o assunto

Você lembra que comentamos sobre a importância de entender a proposta apresentada para a seleção de mestrado? Pois é, parte desse processo é coletar excelentes referências sobre o tema pesquisado. Investindo em artigos bem classificados e publicados em revistas de renome nacional e internacional, você consegue chamar a atenção da banca.

Consequentemente, é construída uma base teórica muito sólida, que oferece mais segurança no desenvolvimento das respostas técnicas e práticas que os professores podem solicitar durante a conversa. Aqui, a dica de conversar com seu futuro orientador e perguntar sobre autores conhecidos pode ser uma excelente forma de aprimorar ainda mais a sua proposta.

Pesquise sobre a banca e os outros candidatos

Depois de conhecer o programa de pós-graduação, montar um projeto articulado com referências importantes sobre o tema e entender profundamente a proposta da sua pesquisa, chegou o momento de analisar a banca e conhecer os outros candidatos à vaga.

Esse processo faz com que você identifique quais são os professores que realizarão a sua avaliação e o campo de pesquisa de cada um deles. Assim, é possível refletir sobre o perfil dos profissionais e entender quais são as características que eles buscam em um estudante de pós-graduação.

Ao conhecer a banca e os outros candidatos, você consegue elaborar um excelente plano de apresentação pessoal e construir uma entrevista equilibrada e adequada não só à sua personalidade, mas também à funcionalidade da banca e do curso que você está buscando. Assim, fica muito mais fácil impressionar os avaliadores!

Para fazer isso, você pode utilizar diversas estratégias práticas de investigação, como:

  • analise os currículos dos professores e candidatos;
  • memorize os nomes e os rostos para que durante a entrevista você possa se dirigir corretamente aos profissionais;
  • leia conteúdos produzidos pelos entrevistadores e candidatos e veja se é possível articulá-los com a sua pesquisa.

Conheça como funciona a metodologia científica de pesquisa

Um dos pontos mais importantes na preparação para a entrevista de seleção de mestrado é conhecer o funcionamento da metodologia científica de pesquisa. Saber o que é o sistema Qualis e quais são as normas que orientam a produção de qualquer artigo ou trabalho acadêmico é fundamental para entrar em uma pós-graduação.

Isso porque dificilmente você encontrará uma especialização que ensina as técnicas de produção científica, uma vez que isso é desenvolvido durante a graduação. Nesse sentido, professores e orientadores valorizam aqueles alunos que já dominam as principais técnicas de investigação e as aplicam corretamente.

Prepare-se para o inglês

Não há como negar: o inglês é essencial para o bom aproveitamento de uma especialização. Você lembra que falamos sobre a importância de artigos com relevância internacional? A maioria dos conteúdos acessados por estudantes de pós-graduação são produzidos em inglês e demandam um bom conhecimento do idioma.

Além disso, muitos alunos encontram a oportunidade de realizar intercâmbios com bolsa de estudos em outros países, a fim de aprimorar cada vez mais a pesquisa brasileira e fortalecer a investigação nacional. Consequentemente, saber inglês é um ponto avaliado durante a entrevista de seleção.

Uma excelente forma de preparar-se para estudar outro idioma é por meio do curso de inglês instrumental da Marta Garcia. Essa técnica é pautada no aprendizado rápido, com uma metodologia exclusiva para o conhecimento da língua voltada para o universo acadêmico.

Ao longo do conteúdo, você pôde perceber como existem diversas formas de se preparar para uma entrevista de seleção de mestrado e garantir excelentes resultados! Conhecendo o programa de pós-graduação e a banca, entendendo a proposta do seu projeto e as diferentes formas de investigação acadêmica e dominando a língua inglesa, você conseguirá impressionar os avaliadores e conquistar sua vaga na especialização!


Leia também

Como fazer um pré projeto de pesquisa do mestrado

Como se preparar para prova de proficiência em inglês

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.