carta de intenção de mestrado

Saiba o que é e para que serve uma carta de intenção de mestrado

Quem sonha em fazer mestrado precisa não apenas ter motivação o suficiente para se preparar, mas saber como transmitir essa motivação por meio de uma carta de intenção de mestrado, que deve ser enviada para uma instituição acadêmica. Afinal, estudantes motivados sinalizam um verdadeiro interesse em se dedicar, aprender e honrar a vaga conquistada.

Dessa maneira, as chances de você ingressar no mestrado naquela tão sonhada instituição aumentam. Além disso, saiba que é com auxílio da carta de intenção que os recrutadores conhecerão mais sobre os candidatos e seus interesses na área de pesquisa. A reunião de todas essas informações contribui para a seleção dos estudantes.

Considerando a relevância do desenvolvimento da carta de intenção de mestrado, preparamos um post falando sobre o assunto e os passos básicos para redigir uma. Confira!

Para que serve uma carta de intenção de mestrado?

Conforme mencionado, a carta de intenção atua como um instrumento que pode contribuir para sua entrada em uma instituição. Em outras palavras, ela funciona como uma espécie de cereja do bolo que complementa os outros passos indispensáveis para que você mostre sua capacidade e interesse por uma vaga.

Afinal, no documento deve constar de forma resumida e fluída suas experiências profissionais e acadêmicas. Nesse sentido, tudo que agregar valor, focando na área de pesquisa desejada, pode ser incluído. Isso também pode sinalizar o genuíno interesse do estudante por determinada área, especialmente quando ele já fez outros trabalhos seguindo uma linha parecida.

Além disso, ao ‘’vender seu peixe’’ na carta de intenção de mestrado não deixe de mostrar o seu conhecimento também pela instituição que deseja fazer parte e da vaga ofertada. Esse demonstra interesse e motivação por vestir a camisa da Universidade, caso haja a aprovação.

Como redigir uma carta de intenção de mestrado?

Como você pôde perceber, a carta de intenção de mestrado é fundamental para a vivência acadêmica, sendo muito comum em diversos países e tendo uma frequência cada vez maior no Brasil. A seguir, acompanhe seus principais passos necessários para redigir o documento.

Se apresente na carta de intenção de mestrado

A introdução do texto deve constar as informações básicas do estudante, como local, data, nome da instituição, departamento, estado civil, endereço, nome, RG, CPF etc.

Mostre sua intenção

Explique o que despertou seu interesse no projeto utilizando todos os argumentos necessários para convencer o leitor. Expor sua trajetória acadêmica, experiências profissionais e o que fez você escolher o curso e a área de pesquisa também contribuem para enriquecer os argumentos.

Relate suas qualificações

Esse é o momento de aprofundar as habilidades e qualificações citadas na introdução para que o avaliador conheça você com mais detalhes quanto aos aspectos profissionais.

Demonstre interesse no projeto

É preciso falar sobre sua disponibilidade em relação ao curso para aumentar a percepção do avaliador quanto ao seu nível de interesse e disponibilidade no projeto.

Finalize a carta

Finalize incluindo suas informações de contato, nome, telefone, e-mail e assinatura.

Conseguiu entender a relevância e os passos básicos no desenvolvimento de uma carta de intenção de mestrado? Saiba ainda que nesse texto não pode seguir o mesmo formato de um currículo, a revisão de erros é indispensável, assim como a produção de uma carta para cada instituição de interesse.

Então, ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Compartilhe conosco um comentário com dúvidas ou opinião sobre o assunto!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.